quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Delírio de Lauren Oliver




Avaliação: ☆ | 352 páginas; Editora Intrínseca

No mundo que em Lena vive, amor é uma palavra horrível e um sentimento proibido. Todos, ao completarem 18 anos, passam por um cirurgia que faz com que nunca mais sintam amor. São designados a parceiros compatíveis entre os quais podem escolher com quem querem se casar assim que terminarem a faculdade e vivem suas vidas normalmente. Até lá, os menores de idade vivem com toques de recolher e proibidos de tocarem ou mesmo falarem com pessoas do sexo oposto que ainda não passaram pela cirurgia. Existem pessoas que não quiseram viver nesse sistema e fugiram para um lugar do lado de fora das cercas eletrificadas da cidade, em um lugar conhecido como a Selva.
O suicídio de sua mãe fez com que Lena passasse a ter muito medo do amor e a esperar ansiosa por sua cirurgia. Hana, sua melhor amiga, é curiosa e é levemente inclinada a quebrar regras, o que deixa Lena apavorada. No entanto, é em uma dessas loucuras da amiga que Lena conhece um garoto, que muda completamente a sua visão do mundo. A partir daí as coisas mudam bastante.
Delírio é uma distopia bem clichê e mesmo previsível, sim, mas tem seu charme. Não se trata de uma distopia política ou mesmo social, mas uma reflexão sobre os sentimentos e a importância que eles tem na vida humana - e a demonstração deles às pessoas que nos são importantes.
Apesar do ritmo do livro acompanhar o clima da história, na metade dele comecei a ficar um pouco impaciente. Eu estava gostando, mas a trama parecia demorar demais para se desenrolar e chegar a algum lugar de fato. As revelações no final do livro abrem margem para mistérios maiores e eles me intrigam a ponto de querer ler a continuação, por pura curiosidade. Mas não sei quando terei vontade de ler, sabendo do ritmo lento deste primeiro.


3 comentários:

  1. O único livro que eu quero ler da Lauren Oliver é "Antes que Eu Vá" (está inclusive na minha meta para 2015), então saber que a autora tem uma escrita um pouco devagar não me afetou tanto. Até porque eu pretendo ler o livro pelo enredo dele, e não para conhecer o trabalho da autora. De qualquer forma, depois eu venho te dizer se a escrita é melhor no outro título dela. Talvez isso até te motive a continuar essa série. [:

    http://discodivinil.blogspot.com.br/

    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, é que o ritmo da história acabou me deixando de saco cheio hahaha Mas a história é interessante. Eu me lembro desse nome, Antes Que Eu Vá, mas não sei sobre o que se trata. Vou ler sua resenha depois para saber mais (:

      Excluir
  2. Eu li esse livro e gostei bastante, não me encantou e acho que se eu não o tivesse achado por R$5,00 na bienal do livro não teria comprado. Quando descobri que minha amiga que me indicou não gostou do último livro fiquei meio frustrada e sem vontade de continuar a trilogia. Mas se tem uma coisa que eu amo nesse livro é a capa, muito linda!

    Beijo,
    http://portaoazul.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir