quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

A Guerra dos Tronos - As Crônicas de Gelo e Fogo de George R. R. Martin

Avaliação: 
[592 páginas; Editora LeYa]

Depois de ficar viciada no seriado, meu maior desejo no Natal de 2013 era este livro. Eu já tinha ouvido dizer que a série se parece muito com ele, mas agora que li posso eu mesma dizer: o seriado é incrivelmente fiel ao livro (pelo menos a primeira temporada). E isso não é pouca coisa, tendo em vista que o livro é gigante e o seriado é caríssimo de ser produzido.
George Martin se tornou um dos meus escritores preferidos, pois ele é completo: criou um universo que, apesar de muito se parecer com o nosso mundo de séculos atrás e ser bem realista, tem seus nomes, reinos e até mesmo criaturas e feitiços próprios. 
A história se desenvolve de forma coerente e aos poucos, mas não lentamente; com tantos lugares e pessoas existindo ao mesmo tempo muita coisa acontece, mas em momento algum o livro é denso. Muito pelo contrário, ele tem uma escrita leve e fluida. A habilidade de trabalhar diversos acontecimentos paralelos, que interferem uns nos outros, em diferentes lugares, é incrível.
Todos os seus personagens são profundamente bem construídos - e esse é um dos pontos mais destacantes de sua escrita.
Em uma entrevista, o apresentador perguntou como Martin conseguia escrever personagens femininas tão bem, ao que o escritor respondeu: "Sabe... Eu sempre considerei mulheres como sendo pessoas". Esse é o ponto chave para seus personagens serem tão ricos; independente do gênero ou da relevância para a história, todos possuem personalidade e há personagens dos mais diversos tipos, desde homens covardes à verdadeiramente honrados, desde mulheres sensíveis à guerreiras. Martin se preocupa em pensar como cada um deles e torná-los críveis.
O livro é escrito em terceira pessoa, porém em cada capítulo seguimos um dos personagens. Particularmente eu não gosto muito desse esquema, mas nesse caso é necessário e é muitíssimo bem feito.
A fama de Martin como um dos maiores serial killers da literatura já se espalhou pelo mundo. E eu acho isso sensacional. O escritor não mata "de graça", tem seus motivos, e isso repercute em toda a história. É um livro surpreendente e emocionante, com personagens que nos cativam e outros que fazem nascer uma raiva furiosa dentro de nós. 
Porém lembre-se de não se apegar muito a ninguém, pois seu personagem preferido pode morrer a qualquer segundo! 

Este livro já virou um dos meus favoritos!

10 comentários:

  1. Tenho muita curiosidade sobre esta série, mas admito que o tamanho dos livros me assusta um pouco e tenho medo de me cansar e desistir no meio do caminho.
    Para dar uma enganada em mim mesma,coloquei os livros no KOBO, daí ao menos não fico olhando pra quantidade de páginas hahahaha

    Gostei da resenha, ela me fez acreditar que vale a pena deixar minha preguiça de lado :D

    bjs
    http://confraria-cultural.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E o primeiro nem é o maior hahaha Mas como eu disse, apesar de serem grandes, não são cansativos. Se você gosta de épicos medievais, com guerra e criaturas sobrenaturais, é uma leitura indispensável!

      Excluir
  2. Eu já fiquei fã dos livros, mas a série só achei fiel mesmo a primeira temporada, eu tava até assistindo conforme lia o livro, mas do segundo livro (e segunda temporada) em diante eu desanimei de acompanhar a série, a começar pela escolha dos atores, a Asha Greyjoy num tem nada a ver com a do livro. O Theon descreve como se fosse a mulher mais sedutora q já viu na vida, e a atriz num tem nada disso. Margaery Tyrell que deveria ter personalidade inocente, não parece nada inocente. To quase no meio do terceiro livro e só vi 3 episódio da segunda temporada. Vou terminar de ver, mas o pouco que vi da segunda já não me agradou.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como só li o primeiro livro só sei da fidelidade para com ele, de resto ainda não sei. Mas de qualquer forma, acho válido deixar de lado um pouco essa comparação e simplesmente aproveitar, porque o seriado é magnífico!

      Excluir
  3. Gostei bastante da Resenha, também adoro a série de Tv!
    Pretendo ler os livros logo, logo!

    Beijos e boas leituras!

    http://bruxinhaleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi!
    Já comecei a assistir a série (estou no 6 episódio) e você tinha razão, ela é incrível. A história vai te envolvendo aos poucos, a ponto de você estar tão mergulhado na trama que quando percebe já era. Foi fisgado, rsrsrs.

    Já fiquei sabendo dessa fama de serial killer do autor, rsrs. O que mais me chateou foi um spoiler que vi sem querer por aí. Então já até sei o que acontece no final da primeira temporada. =\

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim! Você começa a assistir numa boa e de repente está viciado! hahaha
      Eu vi sabendo desse spoiler também, mas relaxa, tem taaanta coisa realmente surpreendente (mais que isso, aliás) pra acontecer ainda, que você ainda vai experimentar fortes emoções! hahaha

      Excluir
  5. Ahhh, que legal o comentário do tio Martin com relação a mulheres kkk Me falta ler o quinto livro da série. E o seriado de tv só é fiel fiel mesmo, na primeira temporada. Na segunda começa a ter detalhes diferentes e tal... E creio que a cada temporada, vá ficando cada vez mais diferente. Mas vou ser sincera; não tenho saco pra assistir a série. Ela é tão fiel, mesmo quando tem coisas diferentes, que eu tenho preguiça e não me prende. Faz é tempo que eu quero começar a terceira temporada, mas não me animo, porque já sei o que vai acontecer (até nas partes que são diferentes dos livros, porque meus amigos - ou será inimigos? - adoram soltar spoiler), ai perde a graça.
    Mas o tio Martin é um autor completo mesmo. Inveja da criatividade e capacidade mental desse homem oh.
    Mar,
    http://sonambulismoliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu adoro o seriado, sou viciada. Não tenho problema com mudanças de livro pra série/filme, sinceramente. Por mais que seja a mesma história, eu encaro como duas coisas diferentes.
      Sim, eu percebi hahah Estou no segundo livro agora e, de fato, só a primeira temporada foi fiel, mas como eu disse, não ligo pra isso.
      Martin é maravilhoso, queria escrever como ele hahaha

      Excluir
  6. Boa noite. Vocês sabem alguma edição do livro que tenha a letra um pouco maior? O da edição econômica é impraticável. Lembra muito Nárnia nesse aspecto

    ResponderExcluir