terça-feira, 14 de janeiro de 2014

Filme: A Menina Que Roubava Livros


Acabei de assistir À Menina Que Roubava Livros e precisei vir comentar sobre. Estava muito ansiosa e minhas expectativas foram alcançadas. Essas são minhas primeiras impressões.
Primeiramente, comparar o filme com o livro é inevitável e até mesmo interessante. Porém eu acredito que o filme deve ser avaliado por ele próprio e não pela sua semelhança ou diferença com o livro. Se formos considerar bons somente aqueles que seguem o livro à risca, não aproveitaremos filme algum.
Eu li o livro há muitos anos, portanto não me lembro bem como a Liesel é descrita fisicamente, mas sei que sempre a imaginei exatamente como foi retratada no começo do filme, com o cabelo curto.
O elenco foi muito bem escolhido, a meu ver. Achei a Liesel um pouco sentimental demais; que eu me lembre ela é um pouco mais durona no livro, mas é apenas uma diferença que apontei. Não é prejudicial e eu acho que isso deu uma emoção a mais, na verdade.
Uma das maiores preocupações dos amantes do livro era se o filme seria narrado pela Morte, pois esse é o maior diferencial da história. Sim, é narrado por ela. Mas vou ser sincera, eu não gostei da voz que escolheram. Colocaram uma voz masculina grave, que eu acho que passou muitíssimo longe de representar a Morte. Na minha imaginação, a voz perfeita seria uma que não deixasse claro o sexo, uma voz indefinida. Eu acho que se tivessem colocado uma mulher ou um homem com uma voz mais fina, teria ficado melhor. Essa foi a única coisa de que não gostei.
De resto, o filme é muito emocionante - mais do que o livro, eu diria. Talvez eu seja suspeita para falar, pois gosto muito de histórias sobre a época do Nazismo (não sei porquê). Minha cena preferida é a de Liesel seguindo o exemplo do pai e contando uma história para as pessoas no abrigo, enquanto a cidade é bombardeada.
Deram preferência a um final tranquilo e até mesmo sutil (digo na forma de representar os acontecimentos), o que deu ao filme todo um ar mais simbólico e sentimental. Eu esperava algo diferente, com ação e drama, mas novamente é apenas um comentário. Eu gostei da maneira como acabou.
Eu pretendo reler o livro em breve, para recordar, e farei um post com mais detalhes.

2 comentários:

  1. Meeeeeeeeeeeeenina agora estou com mais vontade ainda de ver o filme, então somos duas que nos interessamos pelas histórias e a época do nazismo, eu acho que é porque eu gosto muito de história.
    Beeesos.
    http://cerejaaazul.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também gosto bastante de história! Por isso adoro livros/filmes com histórias de época e clássicos (:

      Excluir